Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Cassuto.jpg

O escritor José Rodrigues dos Santos, o fotógrafo Sebastião Salgado e o maestro Álvaro Cassuto são alguns dos distinguidos com os Prémios da Lusofonia 2018, atribuídos pelo Instituto do Mundo Lusófono (IMLus) e entregues em fevereiro, em Paris. 

Estes galardões distinguem “personalidades de língua portuguesa, qualquer que seja o seu país de origem, que se tenham destacado na afirmação e projeção internacional da língua portuguesa e da cultura lusófona”, segundo comunicado do IMLus, cita o Observador.

O mesmo comunicado refere a atribuição do “Prémio Carreira” como um “prémio especial”, que vai ser entregue a três personalidades: ao maestro Álvaro Cassuto, 80 anos, ao arquiteto Álvaro Siza Vieira, 85 anos, de Portugal, e ao ator Lima Duarte, 88 anos, do Brasil.

Os Prémios da Lusofonia 2018, distribuídos por 15 categorias, mais os três de Carreira, são entregues no próximo dia 27 de fevereiro, no Salon Ópera do Café de La Paix, em Paris.

O português José Rodrigues dos Santos, nascido em 1964 em Moçambique, publicou este ano o romance histórico “A Amante do Governador”, e vai receber o Prémio na área da Literatura.

Na área da Sustentabilidade e Preservação Ambiental, o prémio vai ser entregue ao fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, de 74 anos, que fundou em 1994 a sua própria agência, As Imagens da Amazónia, tendo sido o primeiro brasileiro a fazer parte da Academia de Belas Artes de França.

A jornalista da TVI Judite de Sousa, de 58 anos, vai receber o prémio na área de Jornalismo e o brasileiro Jacyr Costa Filho, presidente do Conselho Superior do Agronegócio (Cosag), vai receber o galardão na área do Empreendedorismo.

Salvador Sobral, que o ano passado, foi o primeiro português a vencer o Festival Eurovisão da Canção, é distinguido na área de Projeção Internacional, a brasileira Teresa Simões na de Arquitetura, e a designer de moda Fátima Lopes é distinguida na área da Moda.

Na área da Medicina é distinguido o brasileiro Guido Palomba, na de Escultura Francisco Simões, autor de várias esculturas do Parque dos Poetas, em Oeiras, e o atual presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, é distinguido na área Poder Local, enquanto o embaixador Eugénio Anacoreta, presidente do Conselho de Administração do Observatório da Língua Portuguesa, é premiado na área da Diplomacia.

FSimoes.jpg

Na área Televisão/Lusofonia é distinguido José Arantes, da RTP/África, e na área de Defesa dos Direitos de Autor/Lusofonia, o distinguido é José Jorge Letria, presidente da Sociedade Portuguesa de Autores.

Na área da Diáspora, o prémio vai ser entregue a Carlos Matos e na de Educação & Investigação a Egídio dos Santos.

O IMLus, segundo o mesmo comunicado, é um organismo independente presidido por Isabelle de Oliveira, professora universitária da Sorbonne Paris 3, tendo sido “inaugurado em dezembro de 2017 com o objetivo de impulsionar, dinamizar e apoiar as ações que promovam a afirmação da língua portuguesa, bem como das comunidades lusófonas, em cooperação com as outras línguas e áreas linguísticas”.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D