Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Camane-HP.jpg

 

Camané apresenta álbum “Infinito Presente”, na sexta-feira, dia 10 de junho, no Lookal Ocean Club, em Luanda, acompanhado pelos músicos José Manuel Neto na guitarra portuguesa, Carlos Manuel Proença, na viola, e Paulo Paz, no contrabaixo, divulgou a imprena.

O fadista vai “apresentar o seu mais recente álbum ‘Infinito Presente’, mas incluirá temas de sempre do seu repertório”, disse à Lusa fonte da sua produção, cita o Notícias ao Minuto
O álbum “Infinito presente” foi editado em maio do ano passado, e inclui um inédito de Alain Oulman, “A Correr”, com um poema de Manuela de Freitas, e duas composições de José Júlio Paiva, bisavô do fadista.
Camané, que já tinha gravado composições de Oulman, no álbum “Do amor e dos dias”, de 2010, afirmou-se um fã do compositor e perguntou ao filho, Nicholas Oulman, se não se encontraria mais alguma composição do pai, tendo surgido uma que “se adaptou perfeitamente a um poema de Manuela de Freitas”, autora que o fadista canta habitualmente.
“Sempre fui um fã do Alain Oulman, desde os álbuns ‘Com que voz’ e ‘Busto’ de Amália Rodrigues, que era a grande inspiradora do Alain”, afirmou o fadista.
Quanto ao seu bisavô, José Júlio Paiva, natural da Murtosa, nos arredores de Aveiro, Camané afirmou: “Só consegui ouvir o meu bisavô há dois anos, sabia da existência [dos discos] dele, estão referenciados no livro ‘Ídolos do fado’ [de A. Victor Machado, editado em 1937], mas estavam perdidos nos Estados Unidos, e foi um colecionador que os recuperou [José Moças] e me deu a ouvir”.
“São músicas fantásticas. Para um deles, o Fado Espanhol, escolhi um poema de Fernando Pessoa, “Aqui está-se sossegado”, e supostamente tem alguma influência do fado de Coimbra, até porque ele era dali, de relativamente perto”.
Quanto à outra música, “é completamente um fado tradicional de Lisboa”, o “Fado Complementar”, e escolheu um poema do frade seiscentista António Chagas, “Conta e tempo”, “que, de certa forma, tem tudo a ver com este ‘Infinito presente’, que é um frade a prestar contas a Deus da vida”.
O fadista, distinguido com três Prémios Amália, tem já agendadas atuações, este mês, em Bilbau, em Espanha, Póvoa de Varzim, no Minho, na Lousã, nos arredores de Coimbra e em Lagos, no Algarve.
Em Bilbau, o fadista atua no dia 15 com a Orquestra Sinfónica local, na sala BBK, palco que já pisou outras vezes.
No dia 17 acompanhado pelo seu trio de músicos - José Manuel Neto, Carlos Manuel Proença e Paulo Paz -, sobe ao palco do Cine Teatro Garrett, na Póvoa dw Varzim. As outras duas datas são no dia 24 na Lousã, e no dia 02 de julho, em Lagos.
Camané, que este ano já se apresentou em Teerão e em Joanesburgo, entre outros palcos internacionais, venceu por duas vezes a Grande Noite do Fado de Lisboa, em juniores e seniores, e, ao longo do seu percurso, passou por várias casas de fado, nomeadamente, o restaurante Senhor Vinho, da fadista Maria da Fé e do poeta José Luís Gordo.
No teatro fez parte dos elencos de "Grande Noite", "Maldita Cocaína" e "Cabaret", sempre dirigido por Filipe la Féria. Em 2002, participou num espetáculo com Manuela de Freitas, em torno da obra do poeta Fernando Pessoa, que foi apresentado no Palais des Beauxs Arts, em Bruxelas.
A partir de 1995, quando editou o CD “Uma noite de fados”, os álbuns do fadista foram sempre produzidos pelo músico José Mário Branco. Desde então, conta já seis álbuns de estúdio, além dos registos ao vivo, como “Camané ao vivo no Coliseu” (2009), e das compilações, entre as quais “The arte of Camané – The prince of fado” (2004). O primeiro DVD do fadista, “Ao vivo no S. Luiz”, surgiu em 2006.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Visitas

Flag Counter