Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




CarminhoJPEG01.jpg

Novo álbum de Carminho, "Maria", é editado no próximo dia 30, e a fadista assina a autoria de sete dos doze temas que o constituemA Warner Music afirma que este quinto álbum da carreira de Carminho é "o mais pessoal de sempre", no qual a fadista "participou ativamente na sua produção", tendo a produção executiva sido também sua, com João Pedro Ruela, Diogo Alves e Marta Pelágio. O 'single' de apresentação do álbum, "O Menino e a Cidade", está já disponível "em todas as plataformas digitais".

"A Tecedeira" é o tema de abertura do álbum que inclui ainda, "Estrela", "A Mulher Vento" e "Poeta", todos assinados, letra e música, por CarminhoA fadista assina ainda as letras de "Se Vieres", que canta na melodia tradicional do Fado Santa Luzia, de Armando Machado, e "Desengano", que gravou no Fado Latino, de Jaime Santos, e a música de "Quero Um Cavalo de Várias Cores", de Reinaldo Ferreira.

Outros autores são Joana Espadinha, que assina a letra e música de "O Menino e a Cidade" e "As Rosas", e Pedro Homem de Mello, de quem canta "O Começo", no Fado Bizarro, de Acácio Gomes.

A intérprete resgatou um tema do repertório de António Calvário, "Pop Fado", de César Oliveira e Fernando Carvalho, e "Sete Saias", com letra e música de Artur Ribeiro, canção que foi um dos seus sucessos, gravada também por nomes como Maria Amélia Canossa e Tristão da Silva.

Neste CD, Carminho é acompanhada por Bernardo Couto, na guitarra portuguesa, em três temas, "O Menino e a Cidade", "A Mulher Vento" e "Se Vieres", por José Manuel Neto, nos temas "O Começo" e "Quero Um Cavalo De Várias Cores", e por Luís Guerreiro, em "Sete Saias", "Poeta" e "Pop Fado".

Os outros músicos são Flávio César Cardoso, na viola, José Marino de Freitas, na viola baixo, João Paulo Esteves da Silva, no piano, e Filipe Cunha Monteiro no 'pedal steal' e guitarra elétrica. Carminho toca também guitarra elétrica em "Estrela".

"Maria" sucede ao álbum "Carminho Canta Jobim", editado em dezembro de 2016. Carminho estreou-se discograficamente a solo em 2009, com "Fado", apesar de já ter cantado, quer na casa de fados da mãe, a fadista Teresa Siqueira, no bairro lisboeta de Alfama, a Taverna do Embuçado, quer em alguns espetáculos, como a Gala Carlos Zel, no Casino Estoril, em 2008, e num espetáculo de homenagem ao poeta José Luís Gordo, na Vidigueira, no Baixo Alentejo, em 2005.

Em 2006, participou na gravação do CD "O Terço Cantado", e tinha já gravado quatro fados, na Suíça, com a Tertúlia de Fado Tradicional. Em 2008, gravou "Gritava Contra o Silêncio", excerto de um conto de Sophia de Mello Breyner Andresen, no primeiro disco de inéditos de João Gil.

Ao longo da sua carreira, a fadista tem gravado com artistas de outras áreas musicais, designadamente com os brasileiros Chico Buarque, Milton Nascimento, Marisa Monte, Ney Matogrosso e Nana Caymmi, e com o espanhol Pablo Alborán.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Capa 3D.jpg

Uma nova edição, revista e atualizada, do “Dicionário da Língua Portuguesa - Léxico, Gramática e Prontuário”, de Aldina Vaza e Emília Amor, foi publicada pela Texto Editora.

 “A nova edição mantém as mesmas características da obra de referência que lhe deu origem, apresentando-se revista, aumentada, melhorada e atualizada”, refere a editora em comunicado.

Esta nova edição do dicionário inclui cerca de 3.000 novas palavras, e “os ajustamentos completam e aperfeiçoam a obra original”, nomeadamente, “nomenclatura baseada sobretudo em listas de frequência objetiva e em terminologias específicas de programas curriculares e uma abordagem integrada de léxico e gramática, associada à função de prontuário”.

Uma “microestrutura ancorada em verbetes padronizados de acordo com as propriedades de cada classe de palavras; um modelo de definição léxica que privilegia as paráfrases definidoras, muitas vezes seguidas de sinónimos, no total de 22.979 entradas, e de exemplos de uso, num total de 80.911, que as completam e/ou contextualizam”, são outras das atualização da edição.

O novo “Dicionário da Língua Portuguesa - Léxico, Gramática e Prontuário” inclui também um “conjunto alargado de verbos, num total de 4.608,  cujo verbete-tipo inclui paradigma de flexão, exemplos de uso que ilustram as construções sintáticas consideradas em cada aceção, quadro com todas as formas irregulares e, ainda, observações sobre particularidades, ou remissão”, assim como “diversos quadros sinóticos”.

O “Dicionário da Língua Portuguesa - Léxico, Gramática e Prontuário” é “destinado a quem ensina e a quem aprende a Língua Portuguesa, mas que pode servir um público muito mais vasto, incluindo aqueles que a utilizam como instrumento de trabalho e todos os que, em qualquer momento, precisam de esclarecer dúvidas sobre o seu bom uso”, remata a Texto, do grupo editorial LeYa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pág. 1/13



Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Visitas

Flag Counter