Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




IMG_5168.jpg

 

O recentemente restaurado trono eucarístico da Basílica de Mafra, em madeira de carvalho do norte, pintada, do século XVIII foi apresentado nesta quinta-feira.

Trata-se de um “monumental trono de Quinta-Feira Santa, em madeira policromada e dourada, que esteve parcialmente montado numa das salas da galilé da basílica”, e que foi recuperado por iniciativa da Real e Venerável Irmandade do Santíssimo Sacramento de Mafra (RVISSM), que organizou, em parceria com a paróquia local de Santo André, uma subscrição pública para este efeito.

O trono, agora recuperado, “é devolvido à sua função catequética foi admirado na Quinta-Feira Santa, a partir pelas 21:00. O trono só é preparado no seu esplendor uma noite por ano, no final da Missa de Quinta-Feira Santa”.

Segundo a RVISS, o trono terá sido uma encomenda de D. João VI, e “obedece às normas litúrgicas, que eram seguidas na basílica de Mafra desde o reinado de D. João V, que a mandou erigir”.

“Os preceitos adotados para a sua montagem e exposição solene, na atualidade, obedecem aos mesmos preceitos desde 1730”, segundo a RVISSM, cita o DN.

O trono “era montado na capela do Santíssimo Sacramento na Quinta-Feira Santa, para nele se depositar o Santíssimo, iluminado por 440 velas, ou seja, mais de 62 arrobas de cera - o que corresponde a cerca de 950 quilogramas -, sendo encimado por um dossel primorosamente bordado e o retábulo do altar que fica por trás é coberto por um espaldar idêntico”.

“Naturalmente já não temos necessidade de recorrer às 440 velas, porque naquele tempo não tinham acesso a flores como hoje temos, e usamos muito menos velas, que são intercaladas com flores”, disse à Lusa fonte da RVISSM, cita o DN.

“A intervenção de conservação e restauro esteve a cargo do ateliê Santo André - Conservação e Restauro de Bens Culturais, e contou com o apoio do Palácio Nacional de Mafra-Museu, da câmara e da junta de freguesia de Mafra, e da Escola das Armas de Mafra”, segundo comunicado da RVISSM, enviado à agência Lusa.

A irmandade sublinha que “a colaboração entre todas as instituições (...) permite a devolução de objetos e tradições mafrenses aos fiéis e aos visitantes daquele monumento nacional, tornando a Basílica Nacional de Mafra um dos poucos locais em Portugal onde é possível admirar muitas das tradições centenárias da Semana Santa portuguesa”.

O trono eucarístico esteve parcialmente montado numa das salas da galilé da basílica, tendo sido possível ao público acompanhar o seu restauro, segundo a irmandade.

Esta congregação foi já responsável pelo restauro de outras obras de arte da Basílica de Nossa Senhora e Santo António, em Mafra, nomeadamente a braseira do “Fogo Novo do Sábado Santo”, utilizada no sábado que antecede o Domingo de Páscoa, e o manto de seda bordado a ouro, da imagem de Nossa Senhora da Soledade, onde foram encontrados pedidos “escritos por jovens raparigas”, invocando a intercessão divina.

Em outubro passado, também por iniciativa da RVISSM, foram expostos os ornamentos encomendados nos reinados de D. João V e D. João VI, como revestimentos de varandim e frontais de altar, “dada a excecionalidade do tricentenário do lançamento da primeira pedra” do convento, que se cumpriu em 2017. Estes panos de ornamento são apenas colocados de 17 em 17 anos.

A Real e Venerável Irmandade promoveu, em parceria com a editora Zéfiro, a publicação da obra “Mafra Sacra - Memória e Património”, que conta com a colaboração de vários investigadores, entre os quais Teresa Leonor Vale e José de Monterroso Teixeira.

Foto: RVISSM

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Digressão de “Cantos da Quaresma”

por FMSimoes, em 28.03.18

20889499_HgtkY.jpeg

 

Os músicos César Prata e Sara Vidal apresentam, a partir de quinta-feira, em digressão, o seu mais recente álbum “Cantos da Quaresma”, constituído por recolhas de canções populares tradicionais da Quaresma que, segundo o calendário cristão, corresponde aos 40 dias que se contam de Quarta-Feira de Cinzas a Domingo de Páscoa.

Na quinta-feira, às 21:00, são escutados os “Cantos da Quaresma” na Igreja de S. Pedro, em Macedo de Cavaleiros, no dia seguinte, às 21:00, no Teatro Stephens, na Marinha Grande, no dia 30, às 20:30, na Igreja Paroquial de Pousade, no concelho da Guarda, e no dia 31 às 16:00, na Igreja Matriz de Monchique.

O CD foi editado no passado dia 16 de fevereiro, quando teve início, a Quaresma, este ano, e foi selecionado para representar Portugal no projeto Folk Eurorádio de Primavera e Páscoa/2018, organizado pela União Europeia de Radiodifusão (UER).

 

1 a igreja interior2.jpg

 

"Santos Passos", de Penha Garcia, Beira Baixa, "Já Lá Gritam no Calvário", de Monsaraz, no Alentejo, e "Martírios do Senhor", Zebreira, na Beira Baixa, estão entre as recolhas reunidas neste CD.

O álbum "Cantos da Quaresma" resulta de um trabalho de investigação e recolha, depois de os dois músicos terem apresentado estas canções em palco, no ano passado.

As recolhas foram efetuadas em várias regiões do país, tendo César Prata e Sara Vidal partido do compasso do rito religioso das canções, que através dos arranjos musicais por si feitos, ampliaram a sua musicalidade, com novas sonoridades melódicas e instrumentais.

"O resultado é o equilíbrio entre o respeito pelo legado da tradição e o atrevimento do perpetuar da reinvenção", realça a Sons Vadios

Segundo Domingos Morais, investigador do Instituto de Estudos de Literatura e Tradição da Universidade Nova de Lisboa, "os dois músicos, libertos de ritos e culpabilidades que os impeçam de tomar esses cantos como geradores das suas criações, lançaram-se à descoberta dos sentidos visíveis e ocultos das palavras e dos encadeamentos melódicos que as sustentam. Quase sempre, com soluções performativas de grande beleza e equilíbrio, através de uma utilização contida dos instrumentos e recursos que dominam".

O etnómusicólogo refere que este CD permite à seleção de canções feita ter "outros palcos" e "ser apreciada por quem professa esta [religião católica] ou outras religiões, ou vive outras formas de espiritualidade".

Foto: DR

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pág. 1/11



Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Visitas

Flag Counter