Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

15703784_dVvz1.jpeg

Recital de órgão e canto “Sonata sopra Sancta Maria”, no sábado, dia 13, na igreja de S. Vicente de Fora, em Lisboa, é dedicado a Nossa Senhora, celebrando o centenário das “aparições” na Cova da Iria, em Fátima.

“No dia em que se celebra o centenário da primeira aparição em Fátima, o organista Sérgio Silva e a meio-soprano Ana Ferro propõem um programa integralmente preenchido com música de inspiração mariana produzida em Portugal, Espanha e Itália, durante os séculos XVI e XVII”, segundo comunicado da organização, divulgado pela agência Lusa, cita o Observador.
A figura de Maria foi, ao longo dos séculos, uma referência na liturgia católica, facto traduzido ao longo de séculos na história da música de tradição europeia, como nos compositores presentes no programa do recital - António Carreira, Manuel Rodrigues Coelho, Francisco Correa de Arauxo e Claudio Monteverdi.
O recital “Sonata sopra Sancta Maria” faz parte da programação do VII Ciclo de Concertos do Órgão Histórico da Igreja de S. Vicente de Fora, que se iniciou no passado dia 08 de abril com Daniela Moreira.
O músico Sérgio Silva começou por estudar órgão com João Vaz e António Esteireiro, no Instituto Gregoriano de Lisboa, tendo prosseguido os estudos na Universidade de Évora, onde se licenciou e fez o mestrado em Música, no ramo de interpretação de órgão, sob a orientação de João Vaz e João Pedro d’Alvarenga. O organista atua, regularmente, a solo e integrado em diferentes agrupamentos nacionais, tendo já realizado concertos tanto com Portugal, como em França, Itália, Inglaterra, Espanha, Alemanha e Macau.
Atualmente, é professor de Órgão no Instituto Gregoriano de Lisboa e na Escola Diocesana de Música Sacra do Patriarcado de Lisboa e é organista titular da Basílica da Estrela e da Igreja de São Nicolau, em Lisboa.
A meio-soprano Ana Ferro iniciou os estudos musicais no Conservatório Nacional de Lisboa, em flauta transversal, conclui o “Bachelor in Music with Honours” em Canto, na Guildhall School of Music and Drama, em Londres, tendo seguido para o Estúdio de Ópera da Flandres, na Bélgica.
A cantora trabalhou com diversos agrupamentos, entre os quais Scherzi Musicali, Collegium Instrumentale Brugense, Ópera do Castelo, Orquestra de Câmara de Sintra, Orquestra do Norte, Ensemble MPMP e Spectra Ensemble.
O ciclo, organizado pelo Patriarcado de Lisboa e a editora Althum, prossegue no dia 10 de junho, com Marisol Mendive, professora de órgão no Conservatório de Ourense, na Galiza, e, no dia 08 de julho, em parceria com o Festival Estoril Lisboa, apresenta-se Andrés Cea Galán, também professor de órgão, no Conservatório Superior de Sevilha.

Fotos:DR/FMS

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Visitas

Flag Counter