Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

9789898845047.jpg

O economista e escritor André Pinto Bessa adiantou que o tema económico de base do seu novo romance, “Tempus fugit. Amor manet", é “o financiamento e sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde e o Estado Social”, noticiou a Lusa, cita o Notícias ao Minuto.

O romance “Tempus fugit. Amor manet. Na pressa dos dias triunfa a paixão” é apresentado pelo médico e bioquímico Manuel Sobrinho Simões, na quinta-feira, dia 13, às 18:30 na Sociedade de Geografia de Lisboa, às Porats de Santo Antão, na capital.
Sobrinho Simões realçou o “engenho” narrativo de Pinto Bessa, capaz de prender o leitor a uma história que cruza diferentes ambientes, instituições e países.
“Utilizando um engenhoso processo narrativo André Pinto Bessa prende-nos desde as primeiras linhas à história de uma família e dos seus mistérios no Portugal de ontem e de hoje”, afirmou Sobrinho Simões, que acrescentou em seguida: “Com argúcia e competência, André Pinto Bessa constrói uma narrativa surpreendente onde se entrecruzam pessoas, instituições e países”.
André Pinto Bessa prende-nos desde as primeiras linhas ao suspense da história, ou melhor, das histórias que se estendem do Astória e Santa Comba a Kennedy e a S. Francisco”, afirmou.
Os temas económicos têm sido uma constante nas obras literárias de André Pinto Bessa. “Tempus fugit. Amor manet”, sucede a "Armadilha nos Trópicos", publicado em 2014, e que segundo afirmou na ocasião à Lusa é uma antevisão de Portugal, em 2021, "ainda sob o efeito de políticas erráticas".
Relativamente a este novo romance, o autor afirmou que “o tema económico de base é o financiamento e sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e o Estado Social”, mas é a história de uma família que guarda um segredo.
Quanto a este segredo Pinto Bessa esclarece que não se trata de um mistério pessoal ou de espionagem, mas sim “daqueles que frequentemente afetam os casais e as famílias – muitas vezes com raízes inconsequentes e por razões absurdas – e que condicionam o ambiente da casa, a educação e o desenvolvimento dos filhos. Ameaçando a felicidade de todos”.
Um romance que percorre diferentes épocas desde a década de 1950, e as eleições presidenciais de 1958 com Humberto Delgado, aos “anos, menos interessantes, mas não menos marcantes da recente crise financeira”, passando pelo contexto internacional como a eleição de John F. Kennedy, nos Estados Unidos, “e as lutas pelos direitos civis”, na década de 1960, ou a Revolução dos Cravos, em abril de 1974.
Segundo Pinto Bessa, este novo romance, com a chancela da Partenon Edições, “oferece várias pistas para uma reflexão sobre a reforma do SNS e a manutenção da sua qualidade e sustentabilidade a longo prazo”.
O cardiologista Álvaro Soares Lima e a sua mulher, Gabriela, uma cientista, são os protagonistas do romance, que enfrentam “na sua vida profissional e afetiva os desafios, os dilemas, as tentações e as inseguranças que todos experimentamos”, disse André Pinto Bessa.
A personagem Soares Lima é um “defensor acérrimo do SNS e sempre muito preocupado com a equidade e a justiça social".
Através deste romance propõe o autor “uma viagem através das crises, das dificuldades de relacionamento, dos sucessos, das angústias, das alegrais que fazem parte da vida”, e neste sentido demostra “a importância do perdão, e a necessidade de permanentemente nos reinventarmos e de avaliarmos as nossas ações em função do impacto nos outros”.
André Pinto Bessa estreou-se literariamente, sob pseudónimo, em 2007, com "Os Bastidores da OPA", ao qual sucedeu já com o seu nome de registo, "Efeito Dominó", em 2011, e "Pacto de Silêncio", em 2012.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Visitas

Flag Counter