Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

 

O romance “A Casa da Sorte”, de Ana Filomena Amaral, foi traduzido para inglês e publicado pela editora norte-americana Strategic Book Publishing and Rights.
O romance foi traduzido por Eulália Gameiro e ostenta o título “Vaulted Home”. Segundo nota da editora, a narrativa divide-se em duas partes. Na primeira “é contada a história da humanidade, desde a pré-história até ao século XX, e representa a casa do mundo, e a segunda é a história da construção da casa do indivíduo”.
“Os sete capítulos em que a narrativa é dividida são uma analogia e referência aos sete dias bíblicos da 'Criação'”, acrescenta a editora norte-americana.
A protagonista “é uma mulher, que incorpora todos os períodos da narrativa e interage com as principais personagens masculinas, de acordo com seu papel na história do mundo”.
“Temos depois o lado mais íntimo da história, que é a construção da casa do homem, a casa do ser humano, com todos os pensamentos e sentimentos filosóficos”, lê-se no mesmo comunicado.
A escritora afirmou que está muito satisfeita, “tanto mais que esta é uma edição que, através da Amazon, é disponibilizada para todo o mundo”.
“Estou bastante satisfeita, ao fim de 25 anos de escrita penso que, de certa forma, é um reconhecimento que acho que a minha escrita merece. Estou, aliás, já a escrever outro romance que sairá daqui a dois anos”.
Em outubro, a autora conta editar um novo romance, "O cassador de muros" – exatamente com dois “esses” -, e que será também editado nos Estados Unidos.
Ana Filomena Amaral, de 52 anos, é natural de Avintes, no distrito do Porto, é mestre em História Económica e Social Contemporânea, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.
Na ficção estreou-se em 1989 com “Uma porta abria-se a fogo”, título ao qual se seguiu ”O segredo do cavalo-marinho” (1995), “A Casa da Sorte” (2004), “A coroa de Góis” (2007) e, há três anos, “Pão e água”.
Em 1999, publicou a monografia histórica “Avintes na margem esquerda do Douro” e, nesta área, tem publicadas “Góis entre o rio e a montanha” (1997), “Maria de Lourdes Pintasilgo: Os anos da Juventude Universitária Católica Feminina – 1952-1956 (2009)”.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Visitas

Flag Counter