Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

Trinas.jpg

 

 O convento das Trinas do Mocambo, em Lisboa, onde atualmente funciona o Instituto Hidrográfico da Marinha, estão patentes as telas barrocas de André Gonçalves que faziam parte da decoração original da Igreja de N. S. da Soledade, que faz parte do edifício conventual.

Segundo informação da Marinha Portuguesa, na década de 1930 as telas foram retiradas do seu local original e entregues ao Convento de Cristo, em Tomar.
As telas referem-se ao denominado ciclo dos Santos Trinitários, S. Félix de Valois e S. João da Mata, que, em 1198, fundaram a Ordem da Santíssima Trindade do Resgate dos Cativos, à qual pertenceu este convento localizado no bairro lisboeta da Madragoa.
O ciclo totalizava 22 telas, estando expostas temporariamente, até ao final do mês, treze, algumas com "magníficas molduras em talha dourada", segundo a Marinha.
Deste mesmo pintor, apontado como um inovador da estética do barroco, existiu neste convento um outro conjunto de telas, relativas à vida da Virgem, que revestiam as paredes do coro baixo, onde se mantém, no teto, uma pintura de André Gonçalves, representando "A coroação da Virgem".
Este conjunto artístico, refere a Marinha, contribuiu para que o Convento das Trinas fosse considerado "um dos mais ricos e exuberantes do país em termos de recheio artístico".
Nascido em Lisboa, em 1685, cidade onde faleceu em 1754, o pintor André Gonçalves tem obra noutros edifícios da cidade, nomeadamente no convento da Madre de Deus, na ermida de St.º Amaro e na igreja de S. Roque. Participou também nas obras do Convento de Mafra, nos arredores da capital, entre outras, como em templos açorianos.

Foto: Marinha Portuguesa

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Visitas

Flag Counter