Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Cine-Teatro de Estarreja (CTE) anunciou a realização de 30 iniciativas, de setembro ao final do ano, entre debates e “workshops”, espetáculos de teatro, circo, música e dança, como o concerto de Nuno Bastos, que abre a temporada.
Uma das novidades é “uma maior abertura ao público, com iniciativas como 'oBoca(s) de Cena' que, no âmbito do Laboratório de Aprendizagem Criativa [LAC], permite um contacto de proximidade com os artistas num ensaio aberto”, destaca o CTE em comunicado.
Além dos 30 eventos estão também agendadas 15 sessões de cinema e, segundo o mesmo comunicado, "30% do calendário é reservado para projetos de artes performativas, articulando-se com a restante atividade municipal”.
A temporada abre no dia 12 de setembro com um concerto de música popular brasileira, protagonizado por Nuno Bastos, músico, cantor e compositor, que estreia ao vivo o seu novo álbum, “Recomeço”. No dia 27, Miguel Araújo apresenta “Crónicas da Cidade Grande”. Estes dois concertos fazem parte do Festarreja’14 - Festa das Artes e da Juventude.
Apontando o fado como “uma das principais formas de expressão musical do país”, o CTE programou, para o dia 18 de outubro, a atuação do grupo Alma de Coimbra e, para o dia 01 de novembro, o fadista Ricardo Ribeiro, cujo concerto em Cem Soldos, em Tomar, foi apontado pela crítica como “magistral”. Segundo a imprensa, "o público [ficou] rendido ao seu talento [e] à imensidão da sua voz".

 


Novembro é o mês do Estarrejazz, Festival de Jazz de Estarreja, cuja programação desta nona edição conta oito concertos, dois deles no “renovado” café-concerto.
O cartaz é constituído por Maria João, com a Big Band Estarrejazz, no dia 08, pelo baixista Carles Benavent, no dia 15, que apresenta o projeto “Un, Dos, Tres…”, numa formação em trio, com Roger Mas (piano) e Roger Blavia (percussão).
Fazem ainda parte do Estarrejazz, o quarteto de Mário Barreiros, o Standards and Other Songs Trio, a Big Band da Nazaré e Nuno Costa, com “Vespa Mundi”, e o Trio Pedro Nobre e BounceLab.
Os The Black Mamba apresentam, no dia 13 de dezembro, o seu novo trabalho, “num concerto que viaja pela soul, blues e funk orientado nos temas ‘It ain’t you’ e ‘I’ll meet you there’".
No dia 27 de dezembro, sobem ao palco do CTE Bruno Nogueira e Manuela Azevedo para apresentarem “Deixem o Pimba em Paz”, um concerto de desconstrução das denominadas “canções pimba”, interpretadas com arranjos de áreas como o jazz e a pop. Um concerto sob a direção musical de Filipe Melo e Nuno Rafael, do qual fazem parte, entre outras canções, “24 Rosas”, “Na Minha cama Com Ela”, “ Comunhão de Bens” e “Porque não Tem Talo o Nabo”.
O CTE volta a ser cenário do circuito “Outonalidades”, este ano com os concertos de Emmy Curl e Najla Shami, respetivamente nos dias 11 e 31 de outubro, e Tape Junk, no dia 28 de novembro.
A programação inclui novo circo com acrobacias de João Paulo Santos e Elsa Caillat, com recurso a diversos aparelhos de circo como um mastro chinês, que apresentam “Abril” , no dia 03 de outubro.
A companhia espanhola Albadulake apresenta, no dia 20 de dezembro, “Malaje”, “um projeto multidisciplinar onde o circo contemporâneo e o flamenco surgem de mãos dadas”.
Na área de teatro sobem à cena as comédias “Táxis dos Nossos Dias”, no dia 25 de outubro, com Anabela, Ana Guiomar, Joaquim Nicolau, Sandra Faleiro e Rosa do Canto, e “40 e então?”, no dia 22 de novembro, com Maria Henrique, Ana Brito e Cunha e Fernanda Serrano.
A coreógrafa Clara Andermatt apresenta, no dia 05 de dezembro, “Fica no Singelo”, que se “assume como a versão contemporânea das danças e músicas tradicionais portuguesas”.
A coreógrafa orientará, no dia 03 de dezembro, um “workshop” de Movimento Contemporâneo.
No âmbito do LAC, a programação inclui um projeto da companhia Teatro e Marionetas de Mandrágora, que conta com a participação da comunidade local, intitulado “Me Mó Ria”, e “desafia a população a recuperar memórias passadas e a interagir com elas através do teatro de objetos”, e que é apresentado no dia 19 de outubro, num espetáculo com “Casa dos Ventos”, também da Mandrágora. O espetáculo “Orquestra dos Brinquedos”, também do LAC, destinado a “toda a família”, é apresentado no dia 16 de novembro.

Foto CTE: CTE/FMS

Foto R. Ribeiro: Rita Carmo/CTE/FMS

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Visitas

Flag Counter