Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




MarinaMDR.jpg

Marina Mota

 

António Zambujo, Gisela João, Marina Mota, Marco Rodrigues são alguns dos nomes anunciados para o V Festival Caixa Alfama, em Lisboa, que se realiza em setembro, e que conta com mais um palco.

Entre as novidades do festival, que se realiza nos dias 15 e 16 de setembro, há um novo palco, a instalar no largo do Chafariz de Dentro, com entrada gratuita, e, pela primeira vez, a organização disponibiliza um bilhete diário. Nas edições anteriores foi apenas disponibilizado um bilhete para os dois dias.
Como habitualmente, o certame divide-se por diferentes palcos instalados no bairro de Alfama, nas Igrejas de S. Miguel e Santo Estevão, no Centro Cultural Dr. Magalhães Lima, no Grupo Sportivo Adicense, entre outros.
O cartaz deste ano conta ainda com Os Mestres do Fado, grupo liderado pelo ‘viola’ Diogo Clemente, constituído pelos fadistas Ada de Castro, Maria Armanda, Maria da Nazaré, Cidália Moreira, António Rocha, Artur Batalha, Filipe Duarte e Nuno Aguiar. Este projeto, sem Ada de Castro, foi estreado em janeiro último, no grande auditório do Centro Cultural de Belém, em Lisboa.
O Caixa Alfama conta ainda com a participação de José Gonçalez e os Sangre Ibérico, Bárbara Santos, apresentada pela organização como “uma revelação”, e a participação das marchas de Alfama, que venceu o concurso das marchas de Lisboa, e a da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.
António Zambujo, que discograficamente se estreou com o álbum “Por Meu cante” (2004) e foi distinguido em 2006 com o Prémio Amália para o Melhor Intérprete, vai apresentar, no dia 15 de setembro, vários temas do seu repertório como “Por onde quer que me volte”, e, do seu mais recente CD, “Até Pensei que Fosse Minha”, no qual o músico de Beja canta canções de Chico Buarque.

 

 

13607315.jpg

Marco Rodrigues

 


Marina Mota, que também atua no dia 15, tem uma multifacetada carreira, como fadista, atriz e vedeta do teatro de revista e de televisão, produtora televisiva, e concorreu em 1988 ao Festival RTP da canção com “Partir de Mim”. O seu mais recente trabalho discográfico data de 2005, “Estados de Alma”.
Também no dia 15 atuam José Gonçalez, que recentemente editou o CD de duetos “Improvável”, e os Sangre Ibérico, no palco do Caixa Alfama, em frente ao rio Tejo.
Gisela João, natural de Barcelos, detentora de um Prémio José Afonso e do Prémio Amália Revelação, atua no dia 16. Recentemente editou o álbum “Nua”, em que revisita, entre outros, os repertórios de Amália Rodrigues, Cartola e Chavela Vargas.
Neste mesmo dia, atua Marco Rodrigues, distinguido em 2008 com o Prémio Amália Revelação, que vai apresentar vários temas do seu repertório, como “O Homem do Saldanha”, e do seu mais recente álbum “No disco “Fados do Fado” (2015).
No ano passado, o festival, segundo dados da organização, alcançou cerca de 15.000 espetadores.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Visitas

Flag Counter