Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

TeresaAcosta2.png

 

O livro infantojuvenil "animaiseoutrosquetais@zoomail.cão", marca a estreia literária de Teresa Araújo Costa, que também ilustra, e, através de animais, conta histórias que remetem para temas atuais como as “novas famílias” ou a Internet.

Uma das histórias, “Crocodilagem”, conta como duas primas jacarés, uma do Nilo, no Egito, e outra do Pantanal, no Brasil, se encontram através da Internet.
“Outros temas abordados são o ‘bullying’ [uso de violência para o domínio de terceiros], o respeito que deve inspirar a velhice, a novas famílias, nomeadamente as adoções e as famílias recompostas, a deficiência, a celebridade efémera, a exploração animal, a condição feminina, a corrupção no meio desportivo, etc.”.
“Uma das histórias rimadas do meu livro é, por exemplo, sobre um gato chamado Ron-Ron Aldo”, adiantou a escritora.
Em declarações à Lusa, a autora afirmou que "as histórias têm um intuito pedagógico, com temas que os professores podem explorar nas aulas, além dos jogos de palavras, das cacofonias, onomatopeias, e por aí fora”, noticia a RTP.
Teresa Araújo Costa, professora do Ensino Secundário, começou por escrever histórias para a filha, as quais ilustrava através do computador. Mais tarde, foi mostrando a amigos que a incentivaram a publicar, nomeadamente à ilustradora Manuela Bacelar, que “foi fundamental para dar o passo para a publicação”.
“De certo modo é a ela [Manuela Bacelar] que devo a publicação do livro, porque foi ela que viu os desenhos e gostou muito, achou-os muito interessantes, e ela é que me incentivou e se ofereceu para levar o livro a uma editora. E com o aval dela, ousei avançar, senão não me atrevia, pois fazia isto mais por brincadeira”, contou.
Os primeiros desenhos que fez foram inspirados nos da filha. A autora afirmou que começou por desenhar e depois fazer as respetivas histórias em verso rimado.
Das 33 histórias que vão agora à estampa, “algumas - cerca de umas cinco ou seis - são as que [contou] à filha, há uns bons 18 anos”, revelou à Lusa.
“Começar a escrever foi por acaso, e a escolha pela ficção infantil não foi consciente, aconteceu”, disse.
Teresa Araújo Costa referiu a sua dificuldade “em encontrar livros infantis, quer para a filha, quer para os sobrinhos”, e os que encontrava “nunca lhe agradavam, quer quanto a desenhos, quer quanto à qualidade literária, claro que com as devidas exceções”.
As histórias de "animaiseoutrosquetais@zoomail.cão" foram escritas “muito sem pensar, era o que ia saindo, mas, de certo modo, há uma inspiração na minha infância, os temas remetem para histórias que me contaram a mim ou que eu vivi”.
O ambiente do Minho, região de onde é natural, está presente em algumas das histórias, como a do Lobo Lobaz ou a da Cabra Cabrês, e até através da ilustração, com referências à flora do Gerês, explicou a autora.
As histórias são ilustradas em computador, com o programa "paint-brush", que “permite um desenho original”.
A obra "animaiseoutrosquetais@zoomail.cão", de 75 páginas, é apresentada por Manuela Bacelar na próxima quinta-feira, às 18:30, no Fórum Tivoli, em Lisboa.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Visitas

Flag Counter