Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




EXPOSIÇÃO FERNANDA DE CASTRO 25 10 a 11 11 2014.

 

A escritora Fernanda de Castro, falecida há 20 anos, é evocada pela Fundação António Quadros (FAQ), com uma exposição na Biblioteca de Rio Maior, que inclui originais da artista plástica Sarah Afonso, intitulada “Fernanda de Castro: uma vida dedicada às crianças”
A exposição, constituída por diversos objetos pessoais e documentos da autora de “Antemanhã”, é inaugurada hoje, às 15:30, numa cerimónia em que será entregue o Prémio António Quadros de Literatura Infanto-Juvenil à obra “Nunca digas nunca”, de Lara Xavier, com ilustrações de Raquel Pinheiro.
O júri decidiu ainda atribuir uma Menção Honrosa a "Este livro está a chamar-te (não ouves?)”, de Isabel Minhós, com ilustração de Madalena Matoso.
O Prémio António Quadros é a escultura “Vida”, de autoria de Cristina Rocha Leiria, e a Menção Honrosa, uma medalha, de autoria de Mafalda Samwell Diniz, sendo promovido FAQ.
A presidente do júri, a escritora Ana Maria Magalhães, afirmou que a obra vencedora “apresenta dez situações que se colocam com frequência às crianças, na intenção de as ajudar a refletir e a adotar atitudes positivas”.
“As narrativas desenvolvem-se como se fossem redigidas por uma menina de oito anos e a autora conseguiu de facto vestir-lhe a pele, sem nunca perder o tom, o que não é fácil, além disso, resistiu à tentação de se dispersar em comentários e artifícios de linguagem a fim de impressionar os adultos”, prosseguiu Ana Maria Magalhães, que salienta “a qualidade das ilustrações de Raquel Pinheiro”.
Quanto à obra que recebe a Menção Honrosa, a presidente do júri salienta o facto de ser “um livro interativo e digital, mas em papel”.
“Lá dentro, há alguém que chama o leitor. Para descobrir quem é, terá de atravessar uma floresta, um rio e uma tempestade e seguir as pistas deixadas pelo caminho; terá de avançar devagar e com paciência, porque os grandes amigos não se fazem a correr”.
Trata-se de uma obra que “convida os novos leitores a criar, com as próprias mãos, uma relação pessoal com ele, a ser leitor e personagem e a deixar-se encantar pelos livros e pela leitura”.
Na mesma cerimónia, serão entregues os prémios a Daniela Sofia Adrião e a Rita Chambel Henriques, respetivamente de sete e nove anos, vencedoras exaequo do concurso “Retrato de Fernanda de Castro”.
“Concorreram 108 obras. E, além dos prémios às duas vencedoras, serão entregues quatro menções honrosas a Yara, Nádia e Madalena, todas de quatro anos, e a Rafael, de três”, disse à Lusa a presidente da FAQ, Mafalda Ferro, que fez parte do júri e explicou que o concurso se destinou às crianças do concelho de Rio Maior, onde se localiza a sede da instituição.

 

fernandadecastro.jpg

 


Referindo-se à exposição sobre Fernanda de Castro (1900-1994), Mafalda Ferro disse que “é a mais completa até hoje feita” sobre aquela que foi a primeira mulher a receber o Prémio Ricardo Malheiros da Academia de Ciências de Lisboa, em 1945, pelo romance “Maria da Lua”.
“Além das várias notas biográficas, associadas à temática da exposição, e informação sobre a bibliografia geral de Fernanda de Castro, estarão expostos desenhos originais de Sarah Affonso, parte de um conjunto de cinco figurinos" para o grupo "O Pássaro Azul", projeto pedagógico que envolveu cem crianças dos Parques Infantis, fundados em Lisboa.
O corpo de docentes deste "projeto inovador" de educação artística, era constituído pelas artistas Sarah Afonso e Inês Guerreiro, as atrizes Eunice Muñoz e Carmen Dolores, as bailarinas Águeda Sena e Ana Máscolo, a declamadora Maria Germana Tânger e, na área da música, Arminda Correia, Júlia d’Almendra e Nina Marques Pereira. Este grupo, na área da dança, chegou a colaborar com os Bailados Verde-Gaio.
Relacionado com este projeto estará ainda patente uma coleção de figurinos desenhados e pintados por Inês Guerreiro, para o bailado “A Loja de Brinquedos”, sobre conto de Adolfo Simões Muller.
Da mostra fazem ainda parte, entre outras peças, documentos pessoais da escritora como o bilhete de identidade, o passaporte, o cartão de sócia da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) e do Círculo Eça de Queiroz, o “título de uma ação em nome de Fernanda de Castro, no valor de cem escudos, da Sociedade de Escritores e Compositores Teatrais Portugueses", que antecedeu a SPA, e a condecoração com que foi agraciada, como Grande Oficial da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada.
O manuscrito do horóscopo de Fernanda de Castro, por Vasco da Gama Rodrigues, o registo do casamento por procuração, com António Ferro, e o esboço para um Álbum de Bebé, da sua autoria, com ilustrações de Inês Guerreiro, estão também patentes em Rio Maior.
“Será possível ver o vestido que usou em Paris, em 1937, durante a conferência dialogada que fez com António Ferro, então diretor do Secretariado de Propaganda Nacional (SPN), que se intitulou ‘Rapsódia Portuguesa’”, disse a responsável.
Na exposição será reproduzido o disco “Canções Infantis”, com música e letra de Fernanda de Castro, cantado por duas crianças dos Parques Infantis, que fundou, sendo acompanhadas ao piano por Nina Marques Pereira.
A exposição, patente até 11 de novembro, inclui outras peças, como um bordado de Fernanda de Castro sobre desenho de Inês Guerreiro, quatro canecas da Fábrica Viúva Lamego, que foram utilizadas pelas crianças dos Parques Infantis, que a escritora fundou em Lisboa, e várias peças, como brinquedos, relacionadas com esta instituição de cuidados infantis.

Foto: Cecil Beaton/FAQ/FMS

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Visitas

Flag Counter