Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




CMaria_CMaria.jpg

 

Cristina Maria, o ano passado, atuando no Panteão Nacional.

 

A fadista Cristina Maria é uma das convidadas do Concerto dell'Epifania, que se realiza no dia 04 de janeiro à noite, no Teatro Mediterraneo, em Nápoles, no sul de Itália.
Cristina Maria, que já atuou em Itália, nomeadamente no âmbito do Festival Sete Sóis Sete Luas, será acompanhada pela Orchestra di Santa Chiara, dirigida pelo maestro Remato Serio, que trabalhou com artistas como Shirley Bassey, B.B. King, Dionne Warwick, Dee Dee Bridgewater, Adriano Celenteno, Andrea Bocelli, e Miriam Makeba, entre outros.
Este é o 21.º Concerto dell'Epifania, uma iniciativa da associação napolitana Oltre il Chiostro com o mecenato da associação Musica dal Mondo.
Do cartaz, além de Cristina Maria, fazem parte a Orchestra di Piazza Vittorio, constituída por músicos de dez nacionalidades diferentes, a cantora marroquina de origem tuaregue, naturalizada francesa, Hindi Zahra, e o saxofonista italiano Enzo Avitabile, entre outros.
O tema do concerto é "Terra mia", título de uma canção de 1977, de Pino Daniele, que Enzo Avitabile apresentará, neste concerto, numa versão orquestral.
Giuseppe Reale, presidente da Oltre il Chiostro, em declarações à imprensa napolitana, afirmou que o concerto visa ser uma reflexão sobre os movimentos migratórios e a sustentabilidade do planeta.
"O concerto pretende convidar todos a refletir sobre a migração maciça de pessoas no seu caminho em busca de melhores horizontes e desafios num planeta que deve ser salvaguardado como um lar para todos", disse Reale ao jornal Reppublica, de Nápoles, cita o Diário Digital.
Durante o concerto, que será transmitido no dia 06 de janeiro pela televisão italiana RAI Uno, serão entregues os prémios de âmbito humanitário e cultural "Nativity in the World" a duas personalidades que se destacaram naquelas duas áreas.
Cristina Maria apresentará dois temas: "Estranha forma de vida", de Amália Rodrigues e Alfredo Marceneiro (fado bailado), uma criação de Amália, e do seu repertório, "Que importa a mágoa", de Catarina Carvalho e Custódio Castelo, que faz parte do álbum "Percursos" (2011).
Discograficamente, Cristina Maria, que já atuou no Brasil, França e Israel, estreou-se em 2009 com o álbum "O outro lado". Em 2014, paralelamente com a apresentação das suas exposições "Esculturas do meu fado" e "Memórias do destino" no Panteão Nacional, em Lisboa, editou o terceiro álbum, "A voz das mãos", no qual gravou "Estranha forma de vida".
Dulce Pontes, Maria João e Mário Laginha, Teresa Salgueiro e Cristina Branco foram os artistas portugueses que participaram em edições anteriores desta gala.

Fotos: AP./FMS.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Visitas

Flag Counter