Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gala da Rádio Sim no dia 13

por , em 10.11.13

 

A 5.ª Grande Gala da Rádio Sim realiza-se no dia 13 de novembro, às 21:00, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa com um cartaz, que entre outros inclui os Maria Amélia Proença, Rodrigo, Kátia Guerreio e Ricardo Ribeiro.
Maria Amélia Proençainiciou a carreira ainda menina, no bairro de Campo de Ourique, de onde era natural. A fadista que já atuou, entre outros prestigiados palcos no Concertgebouw, em Amesterdão, e no Royal Festival Hall, em Londres, recebeu já o Prémio Carreira da Casa da Imprensa e da Fundação Amália Rodrigues, entre outros como a Taça Amália Rodrigues, aos sete anos, das mãos de Ercília Costa. Em junho de 2010, a fadista foi homenageada no Museu do Fado, pela Associação Portuguesa dos Amigos do Fado,http://apafamigosdofado.blogspot.pt/2011/11/maria-amelia-proenca.html.

Ricardo Ribeiro publicou recentemente um novo trabalho discográfico, "Largo da Memória", e conta no seu palmarés, entrre outros, os Prémios Amália Revelação, em 2005, e Melhor Fadista, em 2011. Internacionalmente destaca-se a colaboração assídua com o virtuoso alaúdista libanês Rabih Abou-Khalil com o qual gravou um disco em português, tendo sido o priemrio que este músico registou acompanhado por uam voz.

Rodrigo tem uma carreira de mais de 50 anos e vários êxitos como "Cais do Sodré" ou "Coentros e rabanetes"; em 2012 recebeu o Prémio Amália Carreira.
Kátia Guerreiro já distinguida com o Prémio Amália Melhor Intérprete, em 2010, editou recentenmente em CD e DVD o concerto realziado em janeiro de 2012 no Olympia, em Paris. A criadora de "Segredos" desenvoolve a carreira fadsita, há mais de dez anos, em paralelo com a de oftalmologista.
O cartaz, segundo aquela emissora do Grupo Renascença, procurou que a Gala seha uma "reunião de várias gerações de fadistas", e dele constam ainda os nomes de Margarida Bessa, Maria Armanda, António Pinto Basto, Pedro Moutinho, Rodrigo Costa Félix e Teresa Tapadas.
Margarida Bessa editou em março passado o álbum, "Saudade das Saudades", uma edição de autor que totaliza 12 temas, maioritariamente do repertório da fadista Maria Teresa de Noronha, sendo a única exceção “Fado Triste”, de António Lopes Ribeiro e Frederico de Freitas. A fadista participou na apresentação na FNAC do Chiado do CD da Fundação que regista o último programa na Emissora Nacional de Maria Teresa de Noronha (1918-1993) -

www.culturafnac.pt/maria-teresa-de-noronha-o-ultimo-programa-na-emissora.

Pedro Moutinho recebeu um Prémio Amália pelo álbum em 2008, anetriormente tinha recebido o Prémio Revelação da Casa da Imprensa. O seu mais recente álbum intitula-se “O Amor Não Pode Esperar”, é produzido por Carlos Manuel Proença, um dos músicos que estará em palco na Gala e que já foi por duas vezes distinguido com o Prémio Amália.

Rodrigo Costa Félix, recenteemnte regerssado dos Estados Unidos onde realziou uma digressão, viu o seu álbum, "fados de Amor", o segundo da sua carreira ser distinguido como o Melhor do Ano, pela Fundação Amália Rodrigues.
Maria Armanda foi uma das intérpretes de exceção dos poemas de José Carlos Ary dos Santos, "Mãe Solteira" e "Rio Tejo, de Lisboa", são dois dos fados com a assinatura do poeta nascido há 75 anos.
António Pinto Basto intérprete de "Rosa Branca", êxito lançado em 1988, iniciou a carreira em 1970, e na sua voz popularziaram-se entre outros, "Portela vem à janela" e "Maria. Em 2010 gravou dois CD com José Gonçalez, "Viagem p'lo fado" e "Natal em família".
Teresa Tapadas participou em váriso projetos de fados como "Quatro Cantos", com Maria Armanda, entre outras fadistas, e gravopu recentemente um novo CD, no qual recria o extraordinário "Fado Malhoa", uma criação de Amália Rodrigues.
Completam o cartaz Ana Sofia Varela, criadora de "Deve ter sido por graça" e "Fado Vadio (Má Fama)", Artur Batalha, vencedor da Grande Noite do Fado em 1971, recentemente gravou em duo com Mariza o Fado Sérgio, "Promete jura", Hélder Moutinho, poeta, produtor, fadista, atualmente à frente da Casa da Severa, na Mouraria, Joana Amendoeira, fadista do Ribatejo com oito álbuns ediatdos, desde a sua estreia discográfica em 1998 com "olhos garotos" até "Amor mais que perfeito (um tributo a Fontes Rocha", editado em 2012, José da Câmara, fadista que integra a equipa da Rádio Sim, e Teresa Siqueira que editou em 1990 o LP "Fado Antigo", fadista que durante anos esteve à frente do elenco da Taverna do Embuçado, hoje encerrada.
Os músicos que irão acompanhar os fadistas são Luís Guerreiro e Guilherme Banza, na guitarra portuguesa, Carlos Manuel Proença, na viola, e Daniel Pinto, na viola baixo.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Bem-vindo


Parcerias


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Visitas

Flag Counter